Embrapii é fonte no Anuário Inovação Brasil, do Valor Econômico

No Anuário Inovação Brasil de 2015, do jornal Valor Econômico, a Empresa Brasileira de Inovação Industrial (Embrapii) ganha destaque como uma das ações do Governo Federal para investir em inovação industrial. Segundo a reportagem, o modelo adotado pela entidade prevê que o projeto de inovação tenha orçamento partilhado entre governo, empresa e instituto de pesquisa.
Entrevistado pelo Valor, o diretor de planejamento da Embrapii, José Luis Gordon, explicou que para R$ 1 investido pelo poder público, R$ 2 são alocados pelos outros participantes do projeto. Neste ano, se o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) confirmar os R$ 350 milhões prometidos para a operação da Embrapii, a instituição poderá gerar uma carteira de projetos de R$ 1 bilhão.
Criada em 2013, a Embrapii atua por meio da cooperação com instituições de pesquisa científica e tecnológica, públicas ou privadas, tendo como foco as demandas empresariais e como alvo o compartilhamento de risco na fase pré-competitiva da inovação.
A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa da Embrapii.
1 2 3 4

EMBRAPII está novamente na Folha de S. Paulo

Em matéria sobre alternativas sobre o investimento de recursos para o desenvolvimento industrial, a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII) recebe destaque pelo jornal Folha de S. Paulo.
A notícia informa que a EMBRAPII está ganhando força e que, desde dezembro, investiu R$ 30 milhões em 19 projetos. José Luis Gordon, diretor da entidade, afirmou que o processo utilizado pela EMBRAPII é mais rápido, no timing da indústria. O orçamento da instituição é de R$ 1,5 bilhão para os próximos quatro anos.
Criada em 2013, a EMBRAPII atua por meio da cooperação com instituições de pesquisa científica e tecnológica, públicas ou privadas, tendo como foco as demandas empresariais e como alvo o compartilhamento de risco na fase pré-competitiva da inovação.
A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa da Embrapii.
Folha de S. Paulo_11.06.15 (1)
Folha de S. Paulo_11.06.15 (2)

Presidente da Embrapii é entrevistado pelo O Estado de S. Paulo

João Fernando Gomes de Oliveira, diretor-presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), falou ao caderno de Economia do jornal O Estado de S. Paulo sobre a entidade. Após dois anos em fase de testes, este ano a Embrapii está com orçamento de R$ 350 milhões.
“A Embrapii é uma instituição que visa aproximar o mundo da pesquisa da indústria. O Brasil cresceu muito no ranking global de produção científica nos últimos dez anos, mas nossas empresas não são competitivas. Queremos direcionar a pesquisa acadêmica para a necessidade da indústria”, disse o executivo ao jornal.
A EMBRAPII, criada em 2013, atua por meio da cooperação com instituições de pesquisa científica e tecnológica, públicas ou privadas, tendo como foco as demandas empresariais e como alvo o compartilhamento de risco na fase pré-competitiva da inovação.
A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela sua assessoria de comunicação.
O Estado de S. Paulo_08.06.15

João Fernando, diretor-presidente da Embrapii, é entrevistado pela Isto É Dinheiro

A edição de maio da Isto É Dinheiro traz entrevista com João Fernando Gomes de Oliveira, diretor-presidente da EMBRAPII – Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial. A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa da EMBRAPII.
Segundo João Fernando, as empresas brasileiras estão atentas à importância de aproveitar o momento de queda na economia para investir em inovação, preparando-se para a recuperação.
Criada há dois anos, a EMBRAPII faz ponte entre os centros de pesquisa e a indústria, buscando projetos para melhorar produtos, baratear custos ou desenvolver novos processos.
IstoE-Dinheiro_entrevista_06.05.15

Entrevista com presidente da Embrapii ganha duas páginas no Brasil Econômico

O jornal Brasil Econômico de 19 de março traz extensa entrevista, em duas páginas inteiras, com o presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), João Fernando Gomes de Oliveira.
A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa da Embrapii.
Entre outros assuntos abordados pelo veículo, João Fernando fala sobre captação de recursos, metas da instituição para 2015 e das dificuldades encontradas em relação ao investimento em inovação no país. “As empresas têm aversão ao risco, os instrumentos que são oferecidos a elas são apenas de redução de custos, o que leva ao desânimo”. E completa: “esses são pontos que a Embrapii tenta equacionar, mostrando quais são os melhores centros de pesquisa que operam com padrões de excelência operacional”.
João Fernando finaliza a entrevista apostando numa mudança positiva por parte da indústria de produção em relação à inovação no Brasil. “Nosso pensamento na Embrapii é que a competitividade da indústria brasileira depende de uma lista gigantesca de fatores, mas a capacidade inovadora pode se sobrepor a uma série deles. Na nossa cabeça, podemos dizer que daqui a seis anos vamos ter muita novidade boa”.
Confira a entrevista na íntegra na versão impressa e online.
Brasil Economico_19.03.2015

Ampliação de convênios da Embrapii é tema de extensa reportagem no Valor

A edição do jornal Valor Econômico desta quarta-feira, 4 de março, traz ampla reportagem sobre o convênio de mais cinco centros de pesquisa com a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii). A matéria, assinada pela jornalista Camila Veras Mota, informa que os Institutos Federais do Ceará, Espírito Santo, Bahia, Minas Gerais e Fluminense se uniram a 13 unidades já conveniadas à Empresa.
A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa da Embrapii.
A reportagem também traz o investimento e plano de ação para os próximos três e seis anos, assim como as diversas áreas de atuação de cada novo instituto. O presidente da Embrapii, João Fernando Gomes de Oliveira, falou à reportagem sobre a missão da entidade de suprir “gaps” de competência das empresas no país.
Oliveira afirmou, ainda, que os novos cinco centros de pesquisa terão a missão de qualificar estudantes e jovens pesquisadores para que se tornem mão de obra megaespecializada com atuação dentro das empresas.
 
Valor - SITE