Educação está em duas páginas da revista Veja

A maior revista do Brasil tem reportagem de duas páginas dedicadas à Educação de São Paulo. Veja traz na edição desta semana a reportagem “Tempo para Investigar”, que destrincha o novo modelo de Escola de Tempo Integral da Secretaria de Estado da Educação, que tem sua área de Comunicação coordenada pela Atelier.
“Um conjunto de 182 escolas estaduais de São Paulo tem sido palco de uma experiência que merece atenção justamente por tirar proveito do turno dilatado para sacudir a rotina escolar”, afirma a matéria.
A Secretaria vem ampliando ano a ano este modelo de ensino, pretendendo chegar a 1.000 escolas em 2018. “Um dos aspectos que distinguem essas escolas é a tentativa que elas fazem de alcançar os alunos de forma mais personalizada, esta uma busca global entre os que estão atrás de excelência”, continua o texto.
educacao1
 
Educacao - Revista VEJA - 16.04.2014 (2)

Escola estadual de SP é citada como exemplo em matéria do Jornal Nacional

Mais importante telejornal do Brasil, o Jornal Nacional, da TV Globo, apontou uma escola da rede estadual de São Paulo como exemplo sobre hábitos de aprendizagem no Brasil. A matéria abordou pesquisa realizada pelo Instituto Ayrton Senna sobre fatores que podem influenciar no aprendizado das crianças.
Segundo a reportagem, o estudo descobriu que alunos com organização, foco e responsabilidade, por exemplo, podem aprender até 30% mais de matemática em um ano letivo. Como essas características não podem ser ensinadas em sala de aula ou na aula comum, uma escola estadual de São Paulo decidiu ajudar os alunos a desenvolverem estas habilidades na sala de leitura.
Não se trata de uma biblioteca, mas, sim, de um espaço de integração de toda a escola, onde os alunos debatem os problemas em conjunto e procuram as respostas com os outros colegas. A professora de matemática Patrícia Cruz Dias afirmou à reportagem que esta experiência incentiva os alunos a falarem a mesma linguagem, auxiliando no entendimento.
A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de Comunicação da Secretaria Estadual da Educação.
Confira a matéria na íntegra clicando neste link.
 

Bônus 2014 da Secretaria de Educação do Estado é manchete do Diário de SP

O jornal Diário de S. Paulo, de 28 de março de 2014, destacou em sua manchete o pagamento de bônus por merecimento a cerca de 255 mil servidores da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. Deste total, 206,6 mil são professores. O pagamento faz parte da política de valorização por mérito, que beneficia os funcionários das escolas que atingiram as metas estabelecidas pelo Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo).
Segundo a Secretaria, o bônus será depositado na segunda-feira e representará um desembolso de R$ 700 milhões para a pasta.
A notícia também ganhou chamada de capa no jornal Agora São Paulo. Na matéria de mais de meia página, o veículo explica a mudança de cálculo para o pagamento do bônus, que neste ano irá levar em conta as condições socioeconômicas das escolas.
A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela área de Comunicação da Secretaria.
Capa_e_materia_Diario_SP

Revista Veja São Paulo noticia um 'festival de idiomas' na Educação de SP

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo foi notícia da coluna Mistérios da Cidade, da revista Veja São Paulo. A Atelier de Imagem e Comunicação é a empresa responsável pela Assessoria de Comunicação da Pasta.
O texto informa sobre levantamento feito pela Secretaria sobre os estudantes estrangeiros na rede estadual de escolas, a maior do Brasil. Há 7.560 estudantes estrangeiros, de 94 nacionalidades, que frequentam as 5.000 escolas estaduais. É, segundo a revista, um “festival de idiomas”.
Do total, são 4.326 da Bolívia, 1.103 do Japão e 365 do Paraguai, países que fornecem o maior número de matriculados. Em 2014 foi registrado o ingresso de representantes de mais 18 países nesse circuito, entre eles El Salvador, Ilhas Aland, Irã, Lituânia, Namíbia, Panamá e São Vicente e Granadinas.
 
Secretaria da Educacao_Veja Sao Paulo_08.03.2014

Jornal Nacional tem segunda matéria da Educação paulista em 10 dias

Pela segunda vez em 10 dias, a Secretaria de Estado da Educação de São Paulo – que tem a Atelier coordenando sua área de Comunicação – virou notícia positiva no Jornal Nacional, o principal telejornal do Brasil. A mudança no calendário escolar para 2014, por causa da Copa do Mundo de futebol, esteve em ampla reportagem em 22 de outubro.
As férias do meio do ano vão ser tiradas mais cedo, já em 12 de junho, exatamente no dia da abertura dos jogos. Os alunos terão ainda uma semana de folga em outubro.
“Porque o segundo semestre ficou um período muito longo, então realizou-se estudos na Secretaria de Estado da Educação e achamos, por bem, diminuir, colocando esse recesso de 13 a 20 de outubro”, explica Rosania Morales Morroni, subsecretária de articulação da Secretaria de Educação de São Paulo.
Em 14 de outubro, véspera do Dia do Professor, a Secretaria também esteve no Jornal Nacional, com reportagem sobre estudo que aponta o perfil dos educadores do Estado.
Para conferir matéria anterior, clique aqui.

Educação no Jornal Nacional: estudo inédito aponta perfil do professor paulista

Para homenagear o Dia do Professor, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo divulgou mapeamento sobre o perfil dos professores da rede estadual de ensino. O assunto ganhou destaque no Jornal Nacional, que acompanhou o dia de duas professoras da rede estadual. O telejornal informou que embora o número de professores do sexo masculino tenha crescido em cinco anos, 74% dos 230 mil professores da rede são mulheres.
Além do principal telejornal do Brasil, o levantamento apareceu por todo o Estado. O SPTV 1ª edição, também da TV Globo, abriu espaço ao assunto e aos números divulgados pela Secretaria, apontando que metade dos professores da rede atua há mais de 20 anos na área e que apenas na disciplina Física o número de professores homens é maior. Mais: o SPTV divulgou que 225 mil pessoas já se inscreveram para concorrer a uma das 59 mil vagas abertas em concurso para professor da rede estadual.
O Diário de S. Paulo é outro exemplo. O jornal publicou matéria de quatro colunas sobre o tema, dando ênfase ao crescimento do número de professores do sexo masculino.
Confira abaixo:

Educação paulista é referência em matéria do gaúcho Zero Hora

A Educação do Estado de São Paulo é apontada como referência em reportagem do jornal Zero Hora, do Rio Grande do Sul. A matéria traz entrevista com o secretário de Estado da Educação, Herman Voorwald, e cita a rede paulista como exemplo de menor taxa de abandono no Ensino Médio do país, com índice de 5,5%.
O texto destaca os programas da Pasta que contribuíram para este desempenho, como o Vence e o novo modelo do Escola de Tempo Integral, oferecido a 30 mil jovens.
Os alunos matriculados nesta modalidade de ensino, além de frequentarem as aulas das disciplinas regulares, como português e matemática, recebem orientação de estudos, prática de ciências, preparação acadêmica para o mundo do trabalho, entre outros. “Esse modelo foi concebido a partir dos resultados de pesquisas, avaliações e experiências educacionais realizadas no Brasil e em outros países”, afirma o secretário na matéria.
zero_hora_educacao

Concurso da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo é destaque na mídia

A abertura das inscrições para o concurso da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo que prevê a contratação de 59 mil professores é registrada amplamente pela imprensa. O telejornal Bom Dia Brasil (vídeo abaixo), da TV Globo, e os jornais O Estado de S. Paulo, Diário de S. Paulo, Agora São Paulo, Publimetro e Destak dedicaram espaço para noticiar o concurso.
Das vagas de docentes oferecidas, 20 mil profissionais devem começar a trabalhar no início de 2014 – os demais serão convocados ao longo do ano.
As oportunidades serão para professores da educação básica 2 (PEB 2), que trabalham com alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, e para professores da educação especial, que trabalham com alunos portadores de deficiência.
A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de Imprensa da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.
Confira a reportagem exibida no Bom Dia Brasil: 

Criação de creches é tema de ampla reportagem do Bom Dia SP

A Secretaria de Estado da Educação, que tem sua área de comunicação coordenada pela Atelier, esteve mais uma vez em reportagem da TV Globo. Na manhã desta segunda-feira, 29 de agosto, o Bom Dia São Paulo veiculou ampla reportagem sobre a criação de 439 creches em todo o Estado, parceria entre o governo estadual e prefeituras.

O apresentador do telejornal, Rodrigo Bocardi, informou que a primeira unidade está praticamente pronta, na cidade de Lençóis Paulista. A reportagem trouxe entrevista ao vivo com Fernando Padula, chefe de gabinete da Pasta. Além das cidades do interior, municípios da região metropolitana também fazem parte do programa.

Padula contou que o convênio com as prefeituras é realizado a partir de diagnóstico feito pela Fundação Seade. “O mapeamento foi baseado no número da população, de crianças de até 3 três anos, de matrículas e vulnerabilidade. E o governador Geraldo Alckmin autorizou num primeiro momento uma creche para todos os municípios do Estado e mais uma creche para 315 municípios”.

SPTV destaca reforço escolar da Educação: “é ótimo que tenha chegado às escolas”

O SPTV 1ª edição, da TV Globo, veiculou nesta quarta-feira, 17 de julho, reportagem com cerca de 3 minutos sobre o programa de reforço escolar recém-lançado pela Secretaria de Estado da Educação de São Paulo. A ação é voltada para alunos com notas baixas de português e matemática durante as férias escolares.

O apresentador do telejornal, César Tralli, foi claro: “isso é muito importante. Muitas escolas particulares já fazem isso há muitos anos com excelentes resultados. É ótimo que isso tenha chegado agora às escolas do Estado”.

A reportagem de Sabina Simonato acompanhou as aulas de reforço em uma escola estadual na zona sul da capital paulista. Durante entrevista, a subsecretária da Educação, Rosânia Morroni, destacou que o foco é sanear as dificuldades para que os alunos possam assimilar o conteúdo do apresentado no primeiro semestre.