‘Aperto’ da Educação estadual contra faltas de alunos tem meia página no Estadão

A Secretaria de Estado da Educação de São Paulo novamente tem uma de suas ações destacadas pela imprensa. Em matéria de meia página, O Estado de S. Paulo detalha “aperto” nas regras sobre o acompanhamento de faltas de alunos nas escolas estaduais. Além disso, será reforçado monitoramento às unidades com mais ausências de estudantes.
A Atelier é a empresa responsável pela Comunicação do órgão estadual, incluindo Assessoria de Imprensa.
Segundo o Estadão, que destaca a aprovação de especialistas à medida, resolução da Pasta aprovada na última semana e publicada no Diário Oficial do Estado obriga as escolas estaduais paulistas a entrar em contato por telefone com os pais dos estudantes quando estes atingirem ausência em 10% das aulas. Antes, este comunicado era feito ao atingir 20%, número próximo ao total de faltas que causa reprovação automática (25%), o que diminuía o tempo hábil para qualquer intervenção.
O texto integral pode ser conferido na imagem abaixo ou clicando aqui.
EstadaoFaltas

Escola Estadual de Barueri é exemplo no Jornal Nacional

A Escola Estadual Prefeito Nestor de Camargo, de Barueri, serviu como exemplo em matéria do Jornal Nacional, da TV Globo, principal telejornal do país. O indicador de qualidade do ensino mais que dobrou depois que foram adotados o tempo integral e o uso da robótica e das tecnologias de informação. O método chamado de “fabricação em educação”, “cultura maker” ou simplesmente “aprendizado mão na massa”, que não fica só no esquema lousa-livro, está sendo utilizado pela Secretaria de Educação em algumas escolas da rede.
Pesquisas confirmam que criança que põe a mão na massa aprende muito mais. Este método foi testado recentemente na universidade americana de Stanford e eles descobriram que aluno que experimenta antes aprende pelo menos 30% mais depois.
A assessoria de comunicação da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo é de responsabilidade da equipe da Atelier de Imagem e Comunicação.
Confira a matéria abaixo:

Secretário da Educação concede 1 hora de entrevista à Veja

Herman Voorwald, secretário estadual da Educação de São Paulo, foi entrevistado por uma hora pela jornalista Joice Hasselmann, do Portal Veja.com, da revista Veja. A Atelier é responsável pela assessoria de comunicação da Secretaria, que possui a maior rede de ensino do país.
O secretário falou sobre a educação no Brasil e de São Paulo, relatando o trabalho realizado pela Pasta para melhorar significativamente a aprendizagem em todo o Estado.Um dos pontos destacados por Voorwald foi a elevação em 4 anos do valor financeiro repassado para custeio de transporte de alunos. Dos R$ 250 milhões iniciais, o recurso foi elevado para R$ 1 bilhão.
Durante toda entrevista, o secretário Herman relatou ações colocadas em prática na rede paulista. Programas como Ler e Escrever colaboram para a evolução do desempenho de alunos do 1º ao 5º ano.
Confira a entrevista.

Folha de S. Paulo entrevista secretário da Educação de São Paulo

O secretário de Educação de São Paulo, Herman Voorwald, foi entrevistado pelo jornal Folha de S. Paulo. A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de comunicação da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, que possui a maior rede de ensino do país, com 5,3 mil escolas, 230 mil professores, 59 mil servidores e mais de quatro milhões de alunos.
Voorwald falou à publicação sobre a intenção do Governo de São Paulo de flexibilizar o currículo do ensino médio. Para o secretário, a mudança não trará uma mudança profunda na grade curricular. Com esse plano o aluno poderá priorizar as áreas de seu maior interesse. “A estrutura do ensino médio não vai mudar. Não vou eliminar ou substituir disciplinas, não é esse o conceito.”
Confira a entrevista abaixo:
Herman - Folha

Educação de SP no SPTV: projetos são ‘receita para escola mais atraente’

O SPTV 1ª edição alertou, na voz do apresentador Carlos Tramontina: “Veja agora esta receita para uma escola mais atraente para os jovens”. Em seguida, duas parcerias da Secretaria da Educação do Estado que estão dando o que falar. O mais importante telejornal regional paulista destacou neste 2 de julho o “Geekie+” e os “MCs pela Educação”, que têm contribuído para melhorar o rendimento e orientar estudantes da rede estadual.
O “Geekie+” é uma plataforma virtual que reforça a aprendizagem, de olho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Já os MCs pela Educação se apresentam em escolas do Estado levando música para que os alunos pensem no futuro, sempre valorizando o ensino.
“A mistura está dando resultado em muitas escolas estaduais, como a do Jardim Riviera, em Santo André”, cravou o SPTV. O colégio do ABC paulista conquistou o título de “Escola TOP”, pois foram registrados 80% de acesso dos alunos na plataforma. A aluna Laís dos Reis Ferreira contou que passou a estudar todos os dias pelo celular por conta da praticidade e rapidez com os conteúdos. “Estou mais confiante para chegar no final do ano e arrasar”, concluiu.
A Atelier de Imagem e Comunicação coordena a Assessoria de Comunicação da Secretaria, incluindo a relação com a imprensa.
Confira a matéria na integra clicando aqui.

Diversidade em Escola Estadual é tema de reportagem do O Estado de S. Paulo

O jornal O Estado de S. Paulo destacou, em sua recente edição, matéria sobre a diversidade cultural presente em Escola Estadual de São Paulo. A E.E. Marechal Deodoro, no Bom Retiro, mostrou como tem se adaptado para receber os alunos de origem estrangeira e suas famílias.
A diversidade é tão grande que cerca de 55% dos alunos matriculados, entre as turmas do 1º ano ao 5º ano do Ensino Fundamental, ou vieram de outro país ou são filhos de pais que vieram recentemente para o Brasil. A maioria desses alunos estrangeiros é de bolivianos, peruanos e paraguaios, mas ainda há coreanos, argentinos, chilenos e um camaronês.
Para o jornal, a diretora da unidade, Sônia Frazão, disse que uma das principais preocupações do colégio é integrar os alunos, não só na escola, mas na sociedade. “Os pais ficam muito fechados na comunidade que formam aqui no Brasil, só falam a língua natal, comem apenas pratos típicos. E o único lugar de acesso à cultura é a escola.”
Sônia observa que o interesse de alunos e pais estrangeiros também “contamina” os brasileiros e foi este fato que motivou a escola a criar um curso de português aos domingos para adultos. A direção também se encarrega de informar os pais estrangeiros sobre direitos trabalhistas e benefícios. “Nossa função aqui extrapola a parte pedagógica, orientamos toda a família para que todos sejam melhor acolhidos.”
Clique aqui para conferir a matéria na íntegra.
A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.
SEE - Estadao - 29.06.2015

Secretaria da Educação é destaque no Jornal O Estado de São Paulo

As edições desse último final de semana, 6 e 7 de junho, do Jornal O Estado de São Paulo, destacou as melhorias que a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo trará para 2016.
A matéria publicada no sábado, 6 de junho, assinada por Paulo Saldaña, conta sobre o novo modelo que o governo do Estado de São Paulo pretende implantar na educação em 2016. O plano é transformar a maior parte do curso em disciplinas optativas, onde os alunos dos 2º e 3º anos do Ensino Médio poderão montar suas grades.
O secretário da Educação de São Paulo, Herman Voorwald, afirmou acreditar no protagonismo dos estudantes. “Se eu quiser desenvolver a capacidade de escolha e de tomada de decisões nos jovens, tenho de permitir que ele opte. Este é o único caminho que tenho para que esse menino diga: ‘estou escolhendo as disciplinas que eu quero, que fazem parte do que eu quero seguir na minha vida’”, disse o secretário.
Já na matéria de domingo, 7 de junho, o mesmo jornalista abordou a melhora que o ensino em escolas de 1º ao 5º ano do ensino fundamental têm registrado nos indicadores de qualidade.
O jornal O Estado de São Paulo visitou três escolas que alcançaram esse indicador. Nelas se destacam comprometimento de professores e a liderança de diretores, além do uso dos materiais oficiais, como o currículo e o acompanhamento.
Confira as matérias na integra clicando aqui e aqui.
A Atelier responde pela Comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.
Educacao estado 01
 
EDUCACAO ESTADAO 02

No Diário de S. Paulo, programa de intercâmbio da Educação ganha elogio

O Diário de S. Paulo publicou em 30 de novembro extensa reportagem sobre programa da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo para intercâmbio de estudantes, enviados à Europa. No dia seguinte, editorial elogiou a iniciativa.
Segundo o jornal, “a iniciativa reforça a ideia de que não é só com grandes reformas estruturais que se faz um revolução na qualidade do ensino público brasileiro. Pequenas ações como esta, se multiplicadas, têm um valor agre­gado inestimável para o aprendizado”.
O texto do editorial, que representa a opinião do periódico, termina ressaltando a iniciativa. “… esse programa merece ser destacado da ro­tina de críticas que se faz ao ensino público gratuito para ser enaltecido como uma boa prática de gestão administrativa. Até porque, na essência, trata-se de uma ideia que favorece, reconhece e premia o empe­nho e a dedicação dos alunos”.
Mateira Diario SP - 29.11.2014
Editorial Diario de SP - 30.11.2014

Concurso, intercâmbio de alunos e mais procura: Educação de SP na Folha

A Secretaria de Estado da Educação de São Paulo ganhou destaque em três reportagens deste fim de semana no maior jornal do Brasil, Folha de S. Paulo. Crescimento da procura de homens por concurso de professor, envio de alunos para intercâmbio no exterior e migração de estudantes de escolas privadas para estaduais foram os assuntos abordados.
A Atelier de Imagem e Comunicação coordena a área de comunicação e imprensa da Secretaria. A matéria “O Homem da sala” abordou no sábado a expansão de procura de homens para ensinar turmas até o 5º ano do ensino fundamental, dominado tradicionalmente por mulheres.
Em “Alunos da rede pública saem pela primeira vez do Brasil”, programa da Secretaria que enviou 219 adolescentes para a Europa teve também amplo espaço. Por fim, no domingo, a alta de 25% de procura de alunos da rede privada pela rede estadual foi o tema de “Sobe número de alunos que mudam para escola pública”.
Educacao SP - CAPA
Materia Folha - SEE
Materia SEE - Domingo

Educação estadual de SP no Jornal Nacional: pais participam mais da vida escolar de filhos

Principal telejornal do Brasil, o Jornal Nacional, da Rede Globo, exibiu na noite de 10 de novembro reportagem sobre pesquisa da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, que tem sua área de Comunicação coordenada pela Atelier. Segundo o estudo da Pasta, somente 4,4% dos pais não demonstram interesse pela vida escolar dos filhos.
A reportagem ainda abordou pesquisa da organização não-governamental Todos pela Educação, que segue os números da Secretaria, indicando crescimento da participação de pais no dia a dia de escolas.
Sônia dos Santos, vice-diretora de escola estadual, foi entrevista. “São esses alunos, que os pais não participam muito, que têm notas mais baixas”, relata.
Confira a reportagem na íntegra aqui.