ICD ganha espaço na Folha de S. Paulo

O restauro da Capela da Ordem Franciscana Secular do Valongo, que será viabilizado pelo Instituto de Cultura Democrática (ICD), é notícia na coluna da Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo.
A Capela, datada do século XVII, fica no bairro do Valongo, em Santos, ao lado do Santuário Santo Antonio do Valongo. Em seu interior, o altar-mor e o retábulo se estendem por toda a parede do fundo da capela. O retábulo é tombado pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).
A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa do ICD e da restauração da Capela da Ordem Franciscana Secular do Valongo.
Folha de S. Paulo - 24.04.2015

Atelier inicia acompanhamento e divulgação de restauro de capela em Santos

A Atelier iniciou o acompanhamento, com  registro em fotos e vídeos, e a divulgação (via assessoria de imprensa e redes sociais na internet) do projeto de restauração da Capela da Ordem Franciscana Secular Valongo, em Santos.
Em 15 de abril foi realizado o primeiro encontro entre as equipes técnicas (de restauro, engenharia e arquitetura) e representantes das instituições que desenvolverão o projeto: Antonio Carlos Rizeque Malufe, presidente do Instituto de Cultura Democrática (ICD), ministro Edilson Machado Araújo, da Ordem Franciscana Secular do Valongo, em Santos, e representantes da empresa Formarte.
Preservada pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a Capela Secular do Valongo data da segunda metade do século XVII . “Foi dada a largada para devolver a Santos esse patrimônio histórico nacional”, disse Antonio Carlos Malufe, presidente do ICD.
valongo_slide_site_atelier
 

Restauração da capela do Valongo ganha as páginas da A Tribuna, de Santos

O jornal A Tribuna destaca, em reportagem de meia página, a parceria assinada entre o Instituto de Cultura Democrática (ICD) e a Província Franciscana Imaculada Conceição do Brasil para a restauração da capela da Ordem Franciscana Secular Valongo, construída na baixada santista na segunda metade do século XVII.
Passada a parte burocrática, e de posse dos recursos financeiros, a previsão inicial é de que as melhorias comecem em 2016. Será realizada uma ampla reforma no telhado e forro, para acabar com as infiltrações e goteiras. Na sequência, ocorrerão intervenções na parte estrutural, elétrica e hidráulica, além de um trabalho de descupinização.
“A primeira fase será tirar o doente (capela) da UTI. A segunda fase contará com as cirurgias reparadoras e a recuperação total da saúde”, disse ao jornal Antonio Carlos Rizeque Malufe, presidente do ICD.
O Frei André Becker, responsável pelo Santuário do Valongo, está otimista. Ele lembra que o instituto já fez diversos restauros semelhantes em imóveis com valor histórico-religioso, entre eles, a Igreja da Ordem Terceira da Penitência, no Largo São Francisco, no centro de São Paulo.
A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa do ICD.
A Tribuna (Santos) - 13.02.2015

Revista Veja São Paulo ressalta reabertura da Igreja da Ordem Terceira e suas relíquias barrocas

A revista Veja São Paulo publicou na edição de 18 de junho a reabertura da Igreja da Ordem Terceira, no centro da cidade de São Paulo, após cinco anos de restauro. Inaugurada em 1788, ela conta com um acervo de valiosas obras barrocas, como pinturas de dos séculos XVIII e XIX.
Outra relíquia que a igreja guarda é um livro de óbitos que permite pesquisas sobre a genealogia dos paulistanos que financiaram a construção e familiares de bandeirantes. A reportagem traz uma entrevista com Percival Tirapelli, professor de História da Arte da Unesp, que enfatiza a importância da igreja para São Paulo. “Trata-se de um lugar sagrado não apenas para os cristãos, mas para a história política e arquitetônica brasileira”, comentou o professor.
A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria do Instituto de Cultura Democrática.
veja_sao_paulo_18.06.14

Imprensa registra reinauguração da Igreja da Ordem Terceira de São Francisco

A restauração e reinauguração da Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, localizada no Largo São Francisco, região central da capital paulista, ganha espaço na imprensa. Com custo de mais de R$ 14 milhões, o projeto foi financiado pelo Governo do Estado e teve a fachada restaurada pelo Instituto de Cultura Democrática (ICD).
Em entrevista ao caderno Cotidiano, do jornal Folha de S. Paulo (imagem abaixo), Antonio Carlos Malufe, presidente do Instituto, afirmou que R$ 1,1 milhão foi captado por lei de incentivo à cultura para este projeto.
O jornal SPTV 1ª Edição  e o Antena Paulista, ambos da TV Globo, e a TV Cultura também destacaram a reinauguração, além de sites como Folha.com, G1 e da rádio CBN.
A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa do ICD.
Clique e confira as matérias do SPTV 1ª Edição e do Antena Paulista.
Folha de S. Paulo - 23.05.2014

Vídeos do lançamento do restauro da Igreja da Ordem Terceira já estão no site do ICD

O Instituto de Cultura Democrática (ICD) disponibilizou em seu site os depoimentos dos responsáveis pela restauração da Igreja da Ordem Terceira de São Francisco das Chagas, no centro de São Paulo, coletados durante o lançamento do projeto cultural de restauro das fachadas, em 30 de novembro de 2012. Os vídeos foram produzidos e editados pela Atelier.

Entre as pessoas que expressaram apoio à obra e destacaram a importância da Igreja na história  de São Paulo estão o presidente do ICD, Antônio Carlos Malufe, ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, o ex-governador de São Paulo, Claudio Lembo, e a diretora da Formarte, empresa responsável pelo projeto de restauro, Rosana Delellis.

Além deles, o professor de história da arte responsável pela catalogação das relíquias, Percival Tirapelli, e a Ministra da Igreja da Ordem Terceira, Maria Nascimento Silva, concederam entrevista.

Os vídeos estão disponíveis na home page do site do ICD – www.iculturademocratica.com.br – ou no canal do Instituto no Youtube – www.youtube.com/iculturademocratica.

Antena Paulista veicula reportagem sobre a Igreja da Ordem Terceira

A Igreja da Ordem Terceira de São Francisco foi destaque no programa Antena Paulista, da TV Globo, de 6 de janeiro (clique no vídeo abaixo e confira a reportagem).

O programa abordou a segunda fase de restauro da igreja, que inclui as fachadas frontal, lateral e do claustro. O investimento desta segunda fase é da ordem de R$ 1,5 milhão, captado via Lei de Incentivo à Cultura. O trabalho é fruto de parceria entre o Instituto de Cultura Democrática (ICD) – que tem asua comunicação comandada pela Ateçier de Imagem e Comunicação -, a Venerável Ordem Terceira de São Francisco da Penitência da Cidade de São Paulo, o Ministério da Cultura (por meio da Lei de Incentivo à Cultura), a Formarte, a Mitra Arquidiocesana, o Governo do Estado e a Concrejato.
A riqueza das imagens de santos que estão no local e que, após o restauro, poderão ser apreciadas pelo público também teve destaque na matéria. A igreja é considerada uma das maiores representantes do estilo barroco e arte sacra de São Paulo.

Igreja da Ordem Terceira receberá investimentos da Secretaria de Estado da Cultura

A restauração da Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, localizada no centro da cidade de São Paulo, irá receber um aporte de R$12,4 milhões do governo do Estado de São Paulo para auxiliar nos reparos. O anúncio foi feito no último dia 5 de janeiro, pelo governador Geraldo Alckmin.
Nessa etapa estão previstas obras de restauro das paredes, das esquadrias internas, dos vitrais, do claustro, das escadas, de todos os painéis de madeira, a complementação da restauração dos pisos internos entre outros itens. Além disso, será feita a recomposição estrutural dos altares, a complementação da iluminação interna e externa e a instalação de novos bancos. Será implantado o sistema de sonorização e de segurança patrimonial.

O presidente do ICD, Antonio Carlos Rizeque Malufe (de óculos e camisa cinza), acompanhou o governador Geraldo Alckmin em visita à igreja
O presidente do ICD, Antonio Carlos Rizeque Malufe (de óculos e camisa cinza), acompanhou o governador Geraldo Alckmin em visita à igreja

A Ordem Terceira já foi contemplada com uma primeira fase de obras que envolveu um trabalho emergencial de descupinização, desenvolvimento do projeto para a recuperação das coberturas e reforma da parte interna do prédio, além do restauro da fachada. Durante esse período, foram encontrados diversos objetos da época, tais como: joias, esculturas, coleção de altares, telas entre outros.
O restauro da fachada se deu por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Rouanet) e o recurso foi captado pelo Instituto de Cultura Democrática (ICD), que tem sua comunicação comandada pela Atelier de Imagem e Comunicação. O presidente do ICD, Antonio Carlos Rizeque Malufe, acompanhou o governador Geraldo Alckmin em visita à igreja.
Situada no centro da capital, a Igreja compõe o patrimônio histórico paulista e é tombada pelo Condephaat desde 1982. Inaugurada em 1788, é um dos mais importantes prédios remanescentes do século XVIII paulista; a autoria do projeto de construção da Ordem Terceira é atribuída a Frei Galvão.

Restauro da Igreja da Ordem Terceira é destaque na grande mídia


O trabalho de restauro das fachadas e claustro da Igreja da Ordem Terceira da Penitência de São Francisco das Chagas, realizado pelo Instituto de Cultura Democrática (ICD), ganhou destaque em diversos veículos da grande mídia.
Além disso, o jornal O Estado de S. Paulo, em suas versões impressa e online, e o jornal Diário do Comércio, também deram destaque ao assunto. Este último em uma página inteira.
Com investimento de R$ 1,5 milhão, captado via Lei de Incentivo à Cultura, trata-se de um dos mais relevantes restauros da cidade, um dos poucos locais históricos a guardar sua estética original.
O trabalho é fruto de parceria entre a Venerável Ordem Terceira de São Francisco da Penitência da Cidade de São Paulo, o Ministério da Cultura (por meio da Lei de Incentivo à Cultura), o Instituto de Cultura Democrática (ICD), a Formarte, a Mitra Arquidiocesana, o Governo do Estado e a Concrejato.
 
 

Revista São Paulo destaca restauro da Igreja da Ordem Terceira

O trabalho de restauro das fachadas e claustro da Igreja da Ordem Terceira da Penitência de São Francisco das Chagas, realizado pelo Instituto de Cultura Democrática (ICD), ganhou destaque na edição do dia 18 de novembro da revista São Paulo, do jornal Folha de S. Paulo.

O espaço, localizado no Largo São Francisco, no centro da capital paulista, conta com uma coleção de altares e retábulos, esculturas, artigos têxteis, joias e esculturas do período áureo paulista (século XVII), além de um livro de óbitos e jazigos que permite pesquisas sobre a genealogia paulista.

Com investimento de R$ 1,5 milhão, captado via Lei de Incentivo à Cultura, trata-se de um dos mais relevantes restauros da cidade, um dos poucos locais históricos a guardar sua estética original.

O trabalho é fruto de parceria entre a Venerável Ordem Terceira de São Francisco da Penitência da Cidade de São Paulo, o Ministério da Cultura (por meio da Lei de Incentivo à Cultura), o Instituto de Cultura Democrática (ICD), a Formarte, a Mitra Arquidiocesana, o Governo do Estado e a Concrejato.